O QUE VOU TENTAR NO VESTIBULAR?

quinta-feira, agosto 27, 2015

Com certeza algumas pessoas neste mundo gigantesco já se encontraram nesta situação e com essa pergunta em mente... O que vou prestar no vestibular? Será isso que realmente quero para os próximos anos da minha vida? Bom galera, o post de hoje é para os vestibulandos da vida. Vocês sabem que vivemos em um ciclo de experiências diariamente e venho compartilhar como foi essa decisão na minha vida além da dica básica para facilitar essa fase de estudos pesados. 
Antes de qualquer coisa, não sou especialista em nada disso, são apenas experiências obtidas nos dois anos de vestibulanda, o que também não me faz ser melhor do que ninguém, mas ajudar ao próximo é sempre bom e eu amo mostrar minhas ideias a vocês. 
Primeira coisa: TESTE VOCACIONAL! EU particularmente acho isso uma lorota enorme (perdoem-me os sites de estudo que tem isso e perdoe-me as pessoas que acharam sua "profissão" em um teste vocacional). 
Segunda coisa: "Ah eu vou cursar isso porque não tem química, historia e blá blá blá blá...", pode ir dando STOP de agora porque só está errando. 
Terceira coisa: SEMPRE coloque suas prioridades em primeiro plano, sempre! Perdoe-me os pais, mas o seu filho não querer seguir a profissão dos seus sonhos não significa que ele é rebelde e odeia você ou algo do gênero. Estamos em pleno século XVI e vivemos em uma sociedade completamente diferente de antigamente. Logo nossas prioridades valem mais do que qualquer coisa. (meio revolts essa menina né gente?! kaka)

Sério gente! Eu já fui assim um dia e já disse toda essa baboseira... Normal né?! São fases de nossas vidas, mas jamais comece a sua busca por aquilo que você deseja prestar no vestibular por esses caminhos. A gente descobre o que deseja cursar através de nós mesmo, das nossas atitudes e comportamento. Não é porque odeio física, eu vou #fugirdela e desistir do curso que me causa curiosidade, você pode acabar descobrindo que a física pode ser suportada...

No meu exemplo mesmo, sempre disse que gostaria de cursar Arquitetura e atualmente estou no 4º período de Jornalismo, ou seja, meu destino foi COMPLETAMENTE diferente do que eu dizia seguir. Sabe por quê? Por que a partir do momento em que conseguir me autoanalisar percebi o quanto critica sou, o quanto sou fascinada por buscar informações, por escrever e assim vai... (papo meio doido né? Porém faz um sentido enorme ao passar dos anos) eu não conseguir me encaixar em mais nada a não ser o Jornalismo e atualmente continua sendo assim, tenho orgulho do que faço apesar de ser uma profissão bastante criticada por vários motivos, mas isso não vem ao caso.
 A maior finalidade deste post talvez seja que você não tente fazer algo por orgulho ao pai ou mãe. O fato de você escolher ser um geólogo por exemplo, não seria um motivo para orgulho? Talvez por trás de todas as preocupações existam muitos tabus a serem quebrados. É complicado? Sim, é complicado, mas não existe coisa pior do que você fazer algo que não gosta. É sufocante e torturador. Então... Amores do Oxê Mariana, vestibulandos do ano e indecisos no que cursar a minha dica máster é: Se avalie, se interrogue, descubra, pesquise, seja curioso e o principal se esforce muito. Viva esse momento vestibulando por mais difícil que seja e se limite a certas vaidades, eu sei o quanto desgastante é, porém todo seu esforço tem um prêmio no final.

Por fim!!!! Boa Sorte para os que irão prestar vestibular, o Enem em especial, que é um teste não só de conhecimento, mas também do psicológico.

E não se preocupem... Como todo mundo diz: fácil é entrar difícil é continuar e sair. Levem essa frase ao pé da letra por que você sai de um mundo para entrar em outro aonde a independência chega você querendo ou não.  


You Might Also Like

1 comentários

  1. Maaari! Participei do BlogDay e te indiquei lá no meu blog!

    beijos
    http://pequeninita.com.br/

    ResponderExcluir